A solicitação de isenção da taxa de inscrição do Enem já está aberta desde o dia 6 de abril. Segundo o Inep, só nas primeiras 24 horas da abertura da plataforma, foram registradas 670 solicitações da isenção para a prova de 2020. Uma das possíveis razões para a urgência dessa demanda é o momento de instabilidade que o país vive, por conta da crise do coronavírus. O prazo para a solicitação da isenção continua até o dia 17 de abril.

Tem direito à isenção da taxa de inscrição quem:

  • está cursando a última série do ensino médio em 2020 em escola da rede pública
  • tenha cursado todo o ensino médio em escolas públicas ou como bolsista integral na rede privada, além de ter renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio
  • declare estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda, inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Quem teve a taxa de inscrição isenta no Enem 2019 e faltou nos dias de prova, precisa justificar a ausência para requerer a nova gratuidade. O prazo para essa justificativa também é até o dia 17 de abril. Já o período de inscrições para o Enem 2020 será entre os dias 11 e 22 de maio.

Os resultados dos pedidos de isenção e das justificativas de ausência serão divulgados em 24 de abril.

Justificativa de ausência

Os candidatos que tiveram a isenção da taxa de inscrição do Enem 2019, e não compareceram aos dias de prova deverão justificar a ausência para pedir uma nova isenção em 2020. O processo deve ser realizado pela internet, exclusivamente, na Página do Participante.

Cadastro – Para justificar a ausência em 2019 ou solicitar a isenção em 2020, os participantes deverão ter o login único do governo federal, pelo portal gov.br. O acesso poderá ser realizado pela Página do Participante do Enem. A senha deverá ser memorizada ou anotada em local seguro, pois será necessária para acompanhar todas as etapas do exame.

Para saber de todas as ultimas notícias relacionadas ao Enem 2020, acompanhe o Blog do Amigo Edu.

Com informações da Assessoria de Comunicação Social MEC e Inep.

GOSTOU DO CONTEÚDO? COMPARTILHA COM A GALERA!