No dia 26 de novembro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), divulgou as diretrizes e os prazos do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, o Encceja 2020. A prova não vai mais acontecer esse ano, por conta da pandemia, e foi adiada para 2021. Assim, a aplicação do Encceja tanto para o ensino fundamental, quanto para o ensino médio será no dia 25 de abril de 2021.

Já as inscrições vão de 11 a 22 de janeiro de 2021 e podem ser feitas através do site oficial do Encceja.  Assim como para os candidatos que precisarem solicitar atendimentos especializado ou tratamento pelo nome social, também podem fazer nesse mesmo período.

Cronograma Encceja 2020

Publicação do edital26/11/2020
Justificativa de ausência no Encceja 201914 a 20/12/2020
Resultado da justificativa de ausência no Encceja 201928/12/2020
Recurso da justificativa de ausência no Encceja 201928/12/2020 a 4/1/2021
Resultado do recurso da justificativa de ausência no Encceja 201911/1/2021
Inscrições11 a 22/1/2021
Ressarcimento11 a 27/1/2021
Solicitação de atendimento especializado11 a 22/1/2021
Solicitação de atendimento pelo nome social11 a 22/1/2021
Resultado da solicitação de atendimento especializado1º/2/2021
Resultado da solicitação de atendimento pelo nome social1º/2/2021
Recurso da solicitação de atendimento especializado1º a 5/2/2021
Recurso da solicitação de atendimento pelo nome social1º a 5/2/2021
Resultado do recurso da solicitação de atendimento especializado12/2/2021
Resultado do recurso da solicitação de atendimento pelo nome social12/2/2021
Aplicação da prova25/4/2021

Como fazer a inscrição para o Encceja 2020?

Para se inscrever, você deve acessar a página do Encceja entre os dias 11 a 22 de janeiro de 2021. Para começar, você precisará informar o seu CPF e data de nascimento. Depois disso, você deverá:

  • informar os dados pessoais
  • solicitar, se necessário, atendimento especializado
  • escolher a certificação de conclusão de ensino: fundamental ou médio
  • escolher o estado e o município para realização das provas
  • indicar a secretaria estadual de Educação ou o instituto federal de Educação, Ciência e Tecnologia a quem deseja solicitar o certificado de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio ou a declaração parcial de proficiência
  • preencher corretamente o questionário socioeconômico
  • informar um endereço de e-mail único e um número de telefone fixo e/ou celular válidos
  • criar senha de acesso à Página do Participante
  • verificar se a inscrição foi concluída com sucesso

Durante o processo de inscrição, o candidato também pode quais áreas de conhecimento deseja se inscrever para o Encceja e selecionar aquelas nas quais ainda não tenha obtido nota mínima em edições anteriores do exame. Assim, caso o participante tenha atingindo as notas mínimas em alguma área de conhecimento nas edições 2017, 2018 e 2019 do Encceja Nacional, o sistema de inscrição desabilitará essas opções.

Justificar ausência

Fique atento: se você se inscreveu no Encceja 2019 e não compareceu, terá entre 14 a 20 de dezembro de 2020 para justificar a sua ausência. Isso porque a justifica é obrigatória para todos que quiserem se inscrever no Encceja 2020.

O resultado dos pedidos de justificativa serão divulgados no dia 28 de dezembro de 2020. Assim, o prazo para entrar com recurso, caso sua justificativa seja rejeitada, vai de 28 de dezembro de 2020 a 4 de janeiro de 2021. Já o resultado final sai em 11 de janeiro.

Caso você não justifique a ausência na edição de 2019 e mesmo assim queira participar da edição de 2020, ou ainda que tenha a solicitação de justificativa reprovada, o Inep irá gerar uma cobrança de R$40, por meio de GRU, como forma de ressarcimento. A taxa poderá ser paga em qualquer banco, casa lotérica ou agência dos Correios.

O que é o Encceja?

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) é uma prova criada para certificar jovens e adultos que não conseguiram o diploma do Ensino Fundamental ou do Ensino Médio na idade adequada.

Mas o que é idade adequada? Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacionais Anísio de Teixeira (Inep), realizador do exame, a idade apropriada para cada nível de ensino é de 15 anos completos para o Ensino Fundamental, e no mínimo 18 anos completos para o Ensino Médio.

A prova acontece todo ano e é gratuita para os candidatos. Mas o Encceja 2020, excepcionalmente, vai acontecer apenas em abril de 2021 em virtude da pandemia do coronavirus e a necessidade de distanciamento social.

Ensino Fundamental

Pode realizar a prova quem não concluiu o Ensino Fundamental até completar 15 anos de idade. Ou seja, o candidato deve ter ao menos 15 anos no dia da prova. O Ensino Fundamental contempla do 1º ao 9º ano do ensino básico.

Ensino Médio

O Ensino Médio, por sua vez, contempla do 1º ao 3º ano, que são feitos após o 9º ano do ensino fundamental. O candidato que desejar realizar a prova, deve ter 18 anos ou mais no dia da prova.

Para fazer o Encceja precisa estar matriculado em alguma escola?

Não! Segundo o Inep, a prova é aberta a todos os que quiserem buscar certificação, independentemente de terem frequentado a escola algum dia ou não. Legal, né? Se você não teve a oportunidade de estudar enquanto criança e adolescente, mas agora busca um diploma, pode aplicar para o Encceja. Lógico que para isso, o candidato tem que estudar, mesmo que de forma independente. Afinal, a prova vai testar os seus conhecimentos para certificar que você tem entendimento suficiente para receber o diploma daquele nível de estudo.

Mas fica tranquilo, se você não sabe por onde começar a estudar, o próprio Inep disponibiliza apostilas com os conteúdos. Nesta página é possível acessar as matrizes, cartilhas e guias das provas. Da mesma forma, nesta página, você pode acessar as provas e gabaritos anteriores do Encceja e ir treinando.

encceja provas gabaritos

Como é a prova do Encceja?

O exame é composto de 4 provas, cada uma correspondente a uma área de conhecimento. Cada prova tem 30 questões de múltipla escolha, além disso, também existe uma redação. E isso vale tanto para as provas do ensino fundamental quanto para o ensino médio.

No ensino fundamental, as provas objetivas avaliam as seguintes áreas de conhecimento:

Área do conhecimentoComponentes curriculares
Ciências naturaisCiências
MatemáticaMatemática
Língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes, educação física e redaçãoLíngua portuguesa com redação, inglês, espanhol, artes e educação física
História e geografiaHistória, geografia, filosofia e sociologia

 Já no ensino médio, as provas objetivas avaliam:

Área do conhecimentoComponentes curriculares
Ciências da natureza e suas tecnologiasQuímica, física e biologia
Matemática e suas tecnologiasMatemática
Linguagens, códigos e suas tecnologias e redaçãoLíngua portuguesa com redação, inglês, espanhol, artes e educação física
Ciências humanas e suas tecnologiasHistória, geografia, filosofia e sociologia

Além disso, as provas são aplicadas em um único dia, nos turnos matutino e vespertino.

Fui aprovado, e agora?

Uma coisa muito importante de entender é que, após ser aprovado no Encceja, você não tem automaticamente uma certificação do nível de ensino aplicado. Para conseguir esse certificado, é necessário levar o resultado até a instituição certificadora, aquela que você escolheu no ato da inscrição.  

Assim, caso você tenha passado apenas em algumas matérias, é possível emitir o certificado parcial e tentar novamente as demais matérias no próximo ano.

E depois que você passar em todas as matérias do Encceja, já pode se inscrever para o ENAE, um exame que te ajuda a entrar nas melhores faculdades do Brasil com bolsas de estudo de até 100%.

GOSTOU DO CONTEÚDO? COMPARTILHA COM A GALERA!