O Ministério da Educação anunciou que a lista de espera do ProUni e do Fies foi prorrogada, em virtude do coronavírus. As mudanças foram publicadas no Diário Oficial da União nesta quarta-feira, 18 de março.

A lista de espera foi criada para que estudantes que não foram selecionados na primeira ou na segunda chamada possam ter uma chance de obter uma bolsa de estudos ou financiamento estudantil.

A prorrogação é por tempo indeterminado e foi tomada para que não prejudique os alunos, uma vez que as aulas nas universidades estão suspensas. A normalização deve ser anunciada assim que a pandemia seja controlada no Brasil. Entenda como vai ficar:

ProUni

Os candidatos pré-selecionados teriam até o dia 20 de março para procurar a instituição selecionada e levar a documentação. No entanto, com a mudança, não há nova data estipulada até que tudo se normalize a as instituições de ensino superior voltem a ter aulas no período regular. Mas caso a instituição do aluno esteja aberta e ele queira comparecer, a entrega da documentação ainda pode ser feita normalmente. O edital também deixa o prazo para que as instituições lancem os resultados no sistema do ProUni como indeterminado.

Ao todo nesse ano, foram mais de 1,5 milhão de inscrições no programa. O ProUni ofereceu 252 mil bolsas integrais e parciais em instituições particulares de educação superior. 

Fies

Para o FIES, os estudantes que foram pré-selecionados na lista de espera devem informar dados bancários, fiador e seguro para pagamento da dívida em caso de morte via página do programa na internet. Mas mesmo com essa facilidade, o prazo também está prorrogado por tempo indeterminado.

Assim que novas informações sobre a lista de espera prorrogada do ProUni e do Fies forem divulgadas nós atualizaremos a informação.

Nós do Amigo Edu estamos com o compromisso de trazer todas as informações que podem afetar estudantes e profissionais nesse momento tão delicado. Acompanhe nosso blog para notícias diárias.

GOSTOU DO CONTEÚDO? COMPARTILHA COM A GALERA!