O MEC divulgou hoje, 1º de julho, o resultado da enquete sobre as novas datas do Enem 2020. A pesquisa, que estava aberta para todos os candidatos, teve 1.113.350 votos, ou seja, o equivalente a 19,3% do total de inscritos no exame.

A votação se encerrou ontem, 30 de junho e a data escolhida pela maioria foi em maio de 2021. Para 49,7% dos estudantes, o Enem Impresso deve ser aplicado em 2 e 9 de maio de 2021 e o Enem Digital em 16 e 23 de maio. Por outro lado, 35,3% votaram na realização da prova em janeiro e 15% em dezembro.

As opções de datas eram:

Opções na enquete para escolha de datas no Enem 2020

OpçõesEnem impressoEnem digital
16 e 13 de dezembro de 202010 e 17 de janeiro de 2021
210 e 17 de janeiro de 202124 e 31 de janeiro de 2021
32 e 9 de maio de 202116 e 23 de maio de 2021

Ainda assim, o MEC e o Inep esclareceram que o resultado não define a data em que o Enem 2020 será aplicado. Isso porque, segundo o presidente do Inep, Alexandre Lopes, a enquete é uma fonte de opinião importante, porém não é o único fator decisivo. Ele explicou ainda que o MEC e o Inep irão consultar entidades do ensino médio e superior.

O debate com essas entidades é necessário pois a nota do Enem é utilizada como critério do Sisu, ProUni e Fies. Sendo assim, a expectativa é que a nova data seja divulgada nas próximas duas ou três semanas.

Sisu

Como já anunciado anteriormente, as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foram adiadas. Os alunos terão de 7 a 10 de julho para fazer sua inscrição, mas a consulta das vagas disponíveis já está aberta. O calendário do Sisu para o segundo semestre de 2020 está assim:

  • Abertura das inscrições: 7 de julho
  • Encerramento das inscrições: 10 de julho
  • Divulgação dos resultados: 14 de julho
  • Abertura das matrículas: 16 de julho
  • Encerramento das matrículas: 21 de julho
  • Período de manifestação para lista de espera: de 14 a 21 de julho

GOSTOU DO CONTEÚDO? COMPARTILHA COM A GALERA!