O Ministério da Educação (MEC) lançou nesta semana um portal de monitoramento de ações e operação das instituições de ensino durante a pandemia. O objetivo é que os brasileiros tenham acesso às iniciativas em desenvolvimento em tempo real e que o governo tenha dados para agir de maneira mais efetiva, permitindo assim que a retomada das aulas seja ajustada de acordo com situação em cada região do país.

A plataforma foi desenvolvida entre o MEC e a UFOB, UFCA, UFOPA e UFV. Além disso, perspectiva é que em breve um painel como esse também seja lançado para a educação básica.

No portal é possível ver o número e quais ações de enfrentamento estão sendo realizadas pelas universidades, bem como o número de pessoas alcançadas por essas iniciativas.

Ao mesmo tempo é possível verificar o funcionamento das universidades através do mapa, que sinaliza se a instituição está tendo aulas parciais, remotas ou suspensas. Tudo isso acompanhado da data de atualização da última informação.  

Existe também um raio-x do sistema geral de ensino, com número de professores, alunos, técnicos e percentual de funcionários com atividades suspensas durante o período de distanciamento social.

Duas em cada três instituições federais têm ações de combate ao coronavírus

Com esses dados é possível concluir que duas em cada três instituições federais estão produzindo materiais para auxiliar o combate a COVID-19.

Até o momento, cerca de 1300 ações foram realizadas por universidades, institutos e centros federais, que beneficiaram mais de 31,2 milhões de pessoas. 

Ao todos, as iniciativas vão desde fabricação de equipamentos de proteção individual e álcool em gel, a serviços psicológicos e distribuição de alimentos, entre outros. Para acompanhar as atualizações dos dados, que acontecem a cada 3 horas, basta acessar o portal de monitoramento de ações do MEC.

GOSTOU DO CONTEÚDO? COMPARTILHA COM A GALERA!