A realização do Enem é um dos passos mais importantes da vida estudantil. É o exame que poderá abrir as portas para diversas instituições, fazendo com que milhares de estudantes conquistem o sonho da tão esperada graduação.

Porém a prova só acontece uma vez ao ano, e seu resultado pode demorar algum tempo para ser divulgado. Por isso, saiba mais sobre como calcular a nota do Enem!

Como é feito o cálculo da nota do Enem?

O Enem, ao todo, é formado por quatro provas de múltipla escolha, uma para cada área do conhecimento, totalizando 180 questões.

Nele, é utilizado o método TRI (Teoria da Resposta ao Item) para a correção. Com a TRI, não é possível calcular a nota do Enem que você vai tirar nos cadernos de forma antecipada, é preciso esperar a divulgação do Inep. Isso porque as questões fáceis e difíceis são disponibilizadas de forma aleatória no caderno e, por isso, não é possível saber o nível de cada uma durante a prova.

Assim, entender o método de avaliação, é fundamental para se ter uma ideia sobre as notas: por exemplo, na teoria, cada prova valeria de 0 a 1000 pontos, porém, com a metodologia TRI, na prática, existe uma espécie de nota mínima.

Da mesma forma, é quase impossível alcançar os 1000 pontos, pois a TRI entende que algumas questões podem ser um simples “chute”. Para deixar tudo isso ainda mais claro, dá uma olhada em quais foram as notas mínimas tiradas no Enem 2020:

  • Linguagens: 288,70
  • Matemática: 327,10
  • Ciências da Natureza: 323,80
  • Ciências Humanas: 313,70

Por outro lado, existe uma outra conta que você consegue fazer e é muito importante, que é como calcular a nota da média do Enem! Ela é usada para entrada nas faculdades de todo Brasil e nos programas do governo. Calculando a sua média de forma antecipada, você já consegue ter uma noção mais real das suas chances de entrada na faculdade desejada.

simulador sisu

O que é média simples do Enem e como calcular?

A nota média simples do Enem é super fácil de calcular. Basta somar as 5 notas (Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Códigos, Matemática e Redação) e depois dividir o resultado por 5. Por exemplo, vamos supor que você tenha tirado as seguintes notas:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias – 800 pontos
  • Matemática e suas Tecnologias – 650 pontos
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias – 710 pontos
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias – 654 pontos
  • Redação – 800 pontos

Portanto, a soma dessas notas dá 3614. Se você dividir por 5 você tem a nota média simples do Enem em 722,8.

O que é média por pesos do Enem e como calcular?

Para saber como calcular a nota do Enem com peso, é preciso saber qual o peso que a faculdade escolhida dá para cada matéria. Isso pode variar conforme a instituição e o curso, já que quem quer fazer Comunicação, por exemplo, não precisa, necessariamente, tirar uma nota tão alta em Matemática e suas Tecnologias. Mas, vale lembrar novamente: sempre consulte o peso para a sua universidade e curso.  

Em síntese, os pesos podem ir de 1 a 3. Então, é preciso multiplicar a nota de cada matéria pelo peso atribuído pela faculdade. Depois, você soma todos os resultados e divide esse valor pela soma dos pesos. Entendeu como calcular a nota do Enem com peso? Calma, vamos exemplificar!

Vamos supor que a faculdade escolhida tenha os seguintes pesos para o curso de Comunicação:

ÁreaPeso
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias3
Matemática e suas Tecnologias1
Ciências Humanas e suas Tecnologias3
Ciências da Natureza e suas Tecnologias1,5
Redação2,5

E vamos pegar como exemplo as mesmas notas da média simples. Assim, a conta seria:

ÁreaNotaPesoNota x Peso
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias800 pontos32400
Matemática e suas Tecnologias650 pontos1650
Ciências Humanas e suas Tecnologias710 pontos32130
Ciências da Natureza e suas Tecnologias654 pontos1,5981
Redação800 pontos2,52000
Total118161

Agora você divide 8161 (soma Nota x Peso) por 11 (soma dos Pesos)

8161 ÷ 11 = 741,90

Então 741,90 é a sua média de peso do Enem.

Dessa forma, depois de feita a conta, é sempre legal comparar com a nota de corte das faculdades a que você quer se aplicar. Dessa forma,  você consegue ver quais oferecem  mais chances.

Como calcular a nota da redação do Enem?

A redação do Enem é avaliada por dois corretores, que dão nota de 0 a 200 pontos em cada uma das cinco competências avaliadas:

  1. Domínio da norma padrão da língua portuguesa;
  2. Compreensão da proposta de redação;
  3. Seleção e organização das informações;
  4. Demonstração de conhecimento da língua necessária para argumentação do texto;
  5. Elaboração de uma proposta de solução para os problemas abordados, respeitando os valores e considerando as diversidades socioculturais.

Ou seja, a nota máxima da redação também seria 1000. 

Assim, quando há uma divergência significativa entre as notas dos dois corretores, um terceiro entra em cena. Isso acontece quando a diferença entre as notas dos corretores é maior que 80 pontos em uma das competências avaliadas, ou ainda quando a soma total das cinco competências tem uma diferença superior a 100 pontos.

A nota da redação do Enem pode ser zerada ou anulada caso haja:

  1. Fuga total ao tema;
  2. Não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa;
  3. Texto com até 7 linhas;
  4. Impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação ou parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto;
  5. Redação em branco, mesmo com texto em rascunho;
  6. Cópia do texto motivador;
  7. Assinar a redação fora do local designado;
  8. Escrever em outra língua que não o português.

Notas máximas no Enem por área de conhecimento

Agora, para te incentivar a tirar aquele notão no Enem, dá uma olhada em quais foram as notas máximas tiradas no exame, por área de conhecimento, nos últimos 4 anos:

Notas máximas no Enem 2020

  • Matemática: 975
  • Ciências da Natureza: 854,8
  • Ciências Humanas: 862,6

Notas máximas no Enem 2019

  • Linguagens: 801,7
  • Matemática: 985,5
  • Ciências da Natureza: 860,9
  • Ciências Humanas: 835,1

Notas máximas no Enem 2018

  • Linguagens: 788,8
  • Matemática: 993,9
  • Ciências da Natureza: 885,6
  • Ciências Humanas: 868,3

Notas máximas no Enem 2017

  • Linguagens: 788,8
  • Matemática: 993,9
  • Ciências da Natureza: 885,6
  • Ciências Humanas: 868,3

Como calcular a nota do Enem para o Prouni?

Para entender como calcular a nota do Enem para o Prouni, o candidato já terá que saber a nota do Enem divulgada pelo Inep. Ou seja: as notas por cada área do conhecimento. Assim, o candidato irá calcular a média simples do Enem (somando tudo e dividindo por 5) e, então, terá a sua média. É ela que será usada para concorrer a uma bolsa no Prouni.

Porém, vale lembrar que os candidatos precisam, no mínimo, ter atingido 450 pontos no exame e não ter zerado na redação.

Como calcular a nota do Enem para o Sisu?

Para entender como calcular a nota do Enem para o Sisu é preciso, primeiramente, entender mais sobre esse programa. O Sisu é o Sistema de Seleção Unificada que foi criado em 2010 pelo governo federal. 

Nele, os candidatos informam a sua nota do Enem – do ano anterior – e concorrem por vagas em instituições federais e estaduais de ensino superior. Ah, também não pode ter zerado na pontuação da redação do Enem, ok?

Assim, o cadastro é feito pela internet – pelo site oficial do Sisu – e o candidato pode acompanhar as notas de corte dos dois cursos escolhidos. No decorrer do tempo (enquanto as inscrições não fecharem) as pessoas ainda podem mudar suas opções de curso ou instituição. Essa é uma das opções sobre o que pode ser feito com a nota do Enem.

Da mesma forma que o Prouni, aqui, o candidato também precisará ter as suas notas do Enem separadas por área. Depois, basta fazer o cálculo delas, somando-as e dividindo por 5. Com essa média em mãos, os candidatos poderão se inscrever no Sisu e acompanhar diariamente as notas de corte das instituições/cursos.

Para facilitar, você poderá usar o Simulador Sisu e conferir suas chances de aprovação na faculdade dos seus sonhos!

simule suas chances no sisu
0800 780 8099

Também atendemos pelo Whatsapp!