Durante a graduação a gente percebe a quantidade de possibilidades de atuação que um curso nos oferece. E sempre desperta aquela vontade de aperfeiçoar em alguns assuntos, né? Para isso serve a pós-graduação, para que você se especialize ainda mais e, consequentemente, aumente suas chances naquele emprego dos sonhos. Mas as opções são muitas! Muitas faculdades inclusive têm mais opções de cursos de pós-graduação do que de graduação. 😱 Então, como escolher a melhor pós-graduação para o seu perfil?

A gente te dá algumas dicas:

1. Aonde eu quero chegar com a pós-graduação?

Pense em qual momento você está e em qual momento quer chegar profissionalmente. Aonde você gostaria de estar daqui 1, 2 ou mesmo 5 anos? E quais cursos podem te ajudar a chegar lá? Saber isso é o primeiro passo para escolher a melhor pós-graduação que te ajude a chegar nesse objetivo.

Por exemplo: fica fácil visualizar quando falamos de um advogado. Na faculdade, ele aprendeu todas as matérias do direito. Agora, depois de formado, gostaria de seguir a carreira criminalista. Então não faz sentido ele procurar alguma pós de direito trabalhista, por exemplo, certo? O ideal seria ele se especializar no direito criminalista, que é a área que ele deseja atuar.

É comum muita gente buscar uma pós na área que já está trabalhando. Mas aí fica a questão? É nessa área que você quer continuar? Se a resposta for sim, ótimo! Mas se a resposta for não, fazer uma pós nessa área de trabalho só vai dificultar a sua saída dela, já que seu currículo estará mais atraente para isso.

2. Quanto tempo você tem para se dedicar?

Sempre foi muito comum pós aos sábados em período integral, mas hoje essas possibilidades estão se ampliando. Então existem vários tipos de cargas horárias, como por exemplo:

  • Sábados: geralmente as aulas são a cada 15 dias em tempo integral. Algumas faculdades têm aulas nas sextas à noite, além do sábado.
  • Durante a semana: o mais comum são 2 dias da semana à noite. Pode ser terça e quinta, ou segunda e quarta, por exemplo.
  • Durante a semana – integral: são minoria dos casos, mas algumas faculdades oferecem um esquema de aula em que o aluno fica uma semana inteira estudando em período integral, isso a cada 3 meses em média.
  • A distância: essa modalidade, claro, é a mais flexível. Você consegue assistir as aulas de onde estiver e pode, inclusive, escolher os dias e horários que se encaixam na sua rotina.

Indiferente da opção que escolher, é bom lembrar que você vai seguir essa rotina de estudos por 1 ou 2 anos. Então certifique-se de que pode se comprometer com esse tempo. Depois disso, é só ver qual a opção mais viável para você.

3. Avalie a grade curricular

Para ter certeza de que aquele curso é ideal par ao seu objetivo, olhe com calma a grade curricular dele. Normalmente as universidades disponibilizam a grade no próprio site, então compare com outros cursos e até mesmo outras instituições. Veja se as matérias estão de acordo com a sua expectativa do curso e vão atender a sua demanda e expectativa de aprendizado. Como já falamos, as opções de pós são MUITAAS, então com certeza você vai achar uma que se encaixa direitinho no que você está buscando.

4. Planeje-se financeiramente

Os cursos de pós-graduação têm valores parecidos com os da graduação. Ou seja, eles também variam muitoo de faculdade para faculdade. Então busque uma que, além de todos os itens acima, também se encaixe no seu bolso sem pesar no final do mês. E esteja certo de que você pode se comprometer com esse valor durante o todo período do curso.

Ah, uma coisa legal é que nem todas as pós começam só nos inícios de semestre. Geralmente tem um pouco mais de flexibilidade, então você não precisa esperar muito para começar. 😀

E lembre que você sempre pode contar com o Amigo Edu! Nós também temos bolsas de pós-graduação e agora que você já sabe como escolher o curso, é só acessar amigoedu.com.br e pesquisar pela sua bolsa!

GOSTOU DO CONTEÚDO? COMPARTILHA COM A GALERA!