O bacharel em Direito é um profissional com conhecimentos sobre as principais leis, as decisões judiciais e as teorias jurídicas aplicáveis no Brasil.

O curso de Direito é considerado o queridinho da área de Ciências Humanas. Afinal, é o sonho de milhares de estudantes ingressar em uma das profissões mais tradicionais e valorizadas do mercado. No entanto, é bastante comum surgirem dúvidas sobre o que é bacharel em direito.

Mas antes de explicar o que é o bacharel em direito, vamos conferir algumas curiosidades que, com certeza, vão despertar ainda mais o seu interesse por essa área. Quer saber mais sobre Direito? É só continuar essa leitura!

Você sabia que todos os anos o bacharelado de Direito aparece como um dos cursos mais concorridos em vestibulares de todo o país? Em partes, essa busca acontece graças à remuneração salarial. Uma vez que o profissional de Direito é constantemente presente em listas dos profissionais mais bem remunerados do mercado.

Mas além disso, a profissão de advogado é considerada como uma das profissões do futuro, já que enquanto existir sociedade, o profissional sempre será necessário. Portanto, seja para representar os direitos de um indivíduo ou de instituições, o advogado é um profissional imprescindível na sociedade!

E claro, a área oferece diversas oportunidades de atuação no mercado de trabalho, seja no setor público ou privado. Para você ter noção da competitividade no mercado, em 2021 o site da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) registrou 1,2 milhão de profissionais regularmente cadastrados.

E aí, está mais curioso (a) para entender o que é o bacharel em direito? Então, sem mais delongas, vamos ao que interessa!


Qual a diferença entre bacharel em direito e advogado?

O bacharelado concede ao estudante o título de bacharel, ou seja, é o indivíduo que concluiu o curso de graduação. Portanto, o bacharel em direito é profissional que concluiu a graduação em Direito em uma faculdade. Simples assim!

O curso de bacharelado em Direito, tem, em média, 5 anos de duração, composto por dez semestres. Porém, esse prazo pode variar conforme o desempenho do aluno durante todo o curso.

Portanto, se você está pensando em começar a estudar direito, prepare-se para muita leitura! Conteúdos sobre constituição, códigos civis e tributários farão parte da sua rotina durante toda a graduação. 

Além disso, você terá disciplinas como Direito Civil, Penal, Ambiental, Tributário, Trabalhista e Previdenciário, entre outras matérias.

Mas ao contrário do que muita gente acredita, a graduação não vai garantir que você possa exercer a função de advogado. Após cursar os 5 anos, o graduado ainda precisa prestar a prova da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). 

Conforme a declaração da OAB, para exercer a profissão, legalmente, na advocacia é obrigatório realizar o exame da OAB. Sendo assim, você só vai poder exercer a função de advogado após ser aprovado (a) no exame da OAB.


Áreas de atuação de um advogado

o que e bacharel em direito

Depois de formado você como profissional de Direito pode escolher entre três caminhos para seguir carreira, sendo a primeira delas a advocacia e suas várias áreas de ramificação, que por sinal é o mais comum entre formandos.

Mas você também tem opção de seguir carreira de jurídica pública, uma das áreas mais bem remuneradas do Direito. Porém, sem ônus não tem bônus não é mesmo? Então para seguir carreira pública, você precisa prestar os concorridos concursos públicos, para atuar como promotor, juiz, delegado, entre outros.

Além dessas opções, você pode optar por seguir carreira acadêmica, onde você continua na universidade, mas dessa vez ensinando.

Enfim, independente da área escolhida, a função de um advogado é sempre garantir o cumprimento das leis conforme a constituição e leis internacionais. Sendo assim, o advogado é um profissional imprescindível seja para representar os direitos de uma instituição ou de um indivíduo.

Confira a seguir as principais áreas para atuação para profissionais aprovados na OAB:

Direito Civil

Nessa área, você, como advogado, vai defender os direitos civis dos seus clientes. Ou seja, você vai atuar no papel de intermediador nas relações entre as pessoas, defendendo os interesses das pessoas civis e jurídicas. Aqui você é responsável por toda a etapa de processos jurídicos, negociações ou acordos.

Mas se preferir pode atuar prestando consultorias jurídicas na verificação de negócios conforme aspectos legais. Enfim, você como advogado civil pode trabalhar em diversas áreas como, por exemplo, em ações de cobrança ou despejo, adoção e tutela, contratos de compra e venda. Além de poder atuar em casos de danos morais e indenizações, testamento e inventário.


Direito Penal

Na área de Direito Penal, você vai ser reconhecido como advogado criminalista. Ou seja, você vai ter por obrigação defender os direitos de seu cliente, seja ela culpada ou inocente. Portanto, é essencial que a sua defesa seja imparcial, independente do crime que seu cliente está sendo acusado.

O advogado criminalista é responsável por elaborar a defesa do cliente nos inquéritos policiais ou em ações penais. Mas, caso o cliente esteja preso, cabe ao advogado entrar com um requerimento para revogação ou um pedido de liberdade provisória.

Além de trabalhar na defesa de clientes, você também pode optar trabalhar com o Direito Penal Empresarial. Na área empresarial o advogado elabora defesas ou acusações para os seguintes casos: crimes de sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, crimes contra o sistema financeiro e em casos de infrações penais relacionadas com as leis ambientais ou de licitações.


Promotoria

Agora como promotor, você será um agente público responsável por gerar iniciativas para garantir que a justiça seja feita e os crimes sejam esclarecidos. Sendo assim, você vai atuar como responsável por fiscalizar e tomar as devidas iniciativas, caso suspeite de crimes como desvio de recursos públicos.

Ou seja, você vai atuar como o defensor da sociedade e seus interesses, mas como promotor, você também pode optar por atuar na área criminal como responsável em orientar casos de ação penal pública.


Direito Ambiental

A preocupação com o meio ambiente está cada vez mais em alta. Portanto, o advogado também tem um papel importante no meio ambiente.

Como advogado ambiental você precisa conhecer a fundo as leis ambientais para poder fazer acusações ou defesas dessa causa e garantir o cumprimento das leis conforme a constituição e leis internacionais.


Direito trabalhista e previdenciário

Nessa área, o advogado pode trabalhar em processos e disputas entre instituições e empregados, ou seja, pode representar tanto os interesses da empresa como do trabalhador. Além disso, também pode prestar consultorias sobre questões de contratações e demissões.

Portanto, você vai trabalhar com questões de erros de rescisões, cálculos de horas extras e férias, desvio de funções e até mesmo em casos de ausência de pagamento de comissões. O advogado também é responsável por acompanhar todo o processo, verificar em qual instância o caso está sendo tratado e manter o cliente informado sobre a evolução do caso.


Direito tributário

Como advogado tributário vai trabalhar com questões associadas ao pagamento de impostos e tributos fiscais. Portanto, é responsável por realizar ações de prevenção e pode prestar consultorias a instituições para desenvolver um plano tributário, visando garantir a melhor forma de pagar os tributos fiscais.  

Então faz parte da função do advogado tributário realizar diagnóstico de risco para orientar os seus clientes em tomadas de decisões que podem gerar algum impacto nos tributos fiscais. Além de acompanhar os processos de execução fiscal para regularizar pendências para obtenção de certidões negativas de débitos e assegurar a defesa do patrimônio do cliente.

O profissional também pode optar trabalhar com recuperação de créditos tributários como, por exemplo: restituição de INSS, IRPJ, obtenção de correção monetária de ressarcimento, ressarcimento de IPI, entre outros tributos.


Mas onde o bacharel em direito pode atuar sem a carteira da OAB?

Sem carteira OAB

A formação em Direito permite que o profissional com bacharelado atue em algumas áreas sem obter a carteira de advogado da OAB. Entretanto, você pode enfrentar uma dificuldade um pouco maior para ingressar no mercado de trabalho.

Mas para te ajudar a entender melhor todas as possibilidades de atuação desse profissional, preparamos uma lista com as principais áreas de atuação, confira!


Professor acadêmico

Após concluir o curso de Direito, você pode atuar ministrando aulas em universidades em áreas como, por exemplo, de Direito Empresarial e Penal, Direito Civil, Ambiental, Administrativo, Constitucional, entre outras.

No entanto, para dar aula em instituições de ensino superior é essencial que você tenha cursado um mestrado, doutorado ou até mesmo um pós-doutorado na área. Além disso, você também tem a opção de se especializar para ministrar aulas para profissionais em cursos preparatórios para concursos públicos.


Correspondente jurídico

Sem a carteira da OAB, você também pode exercer a função de correspondente jurídico, onde você vai ser o advogado de apoio para outros advogados. Ou seja, você vai auxiliar outros advogados em questões administrativas, resolvendo assuntos relacionados a sua cidade, estado e para escritórios de outras regiões.

Portanto, na função de correspondente jurídico, o bacharel em Direto pode exercer as principais funções como, por exemplo, realizar protocolos, retirar alvarás, fazer consultas de processos e até elaborar peças processuais sob a supervisão de um advogado com carteira da OAB.

Porém, sem carteira da OAB, você como representante jurídico não pode atuar como advogado principal em processos, nem realizar representação formal em audiências e julgamentos.


Jurista

Distante das salas de aula, mas muito próximo do mundo acadêmico, o bacharel em direito pode atuar em pesquisas e estudos no universo jurídico. Portanto, se você é uma pessoa curiosa, que gosta de pesquisar, analisar decisões jurisprudenciais de outros tribunais ou até mesmo de outros países, essa pode ser sua grande chance.

Para atuar nessa área é essencial que você seja uma pessoa articulada, que goste de debater sobre assuntos jurídicos, além de ter senso crítico bastante calibrado. Como jurista você pode ministrar palestras, escrever livros e apostilas. Além disso, é bastante comum o jurista se tornar autoridade em uma das áreas do direito.

E aí, curtiu? Então calma, porque ainda tem mais!

Além dessas áreas citadas acima, você como profissional bacharelado em Direito pode prestar concursos para atuar no setor público em cargos como de Auditor da Receita Federal, Oficial de Justiça, Escrivão da Polícia Militar, Consultor legislativo, Defensoria Pública, entre outras.

Enfim, como você pode ver, o que não falta é opção para ampliar as oportunidades para iniciar sua carreira como profissional bacharel em Direito.  


Um pouco da História sobre o Exame da OAB

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) é uma instituição que regulamenta e representa a área de advocacia no Brasil. Portanto, a OAB é o órgão responsável pela fiscalização, defesa e representação da classe em todo âmbito nacional.

Já o Exame da Ordem dos Advogados é a prova para validar se um advogado está apto para atuar. Essa avaliação acontece 3 vezes por ano, e possui 2 fases. A primeira fase tem 80 questões de múltipla escolha e é eliminatória. Sendo assim, o candidato deve acertar no mínimo 40 questões para passar para a segunda fase da avaliação.

Na 2ª fase tem uma redação e quatro questões dissertativas, valendo um total de 10 pontos. A redação vale 5 e cada questão vale 1,25. O candidato tem que tirar no mínimo 6 para ser aprovado.


Média salarial do Advogado

De acordo com dados divulgados pelo Censo da Educação Superior sobre as perspectivas profissionais, o curso de Direito está entre os cursos mais procurados na atualidade. Além de figurar entre as profissões mais bem remuneradas.

O salário médio inicial do profissional bacharel em direito está entre R$ 3.500,00 e R$ 5.000,00, enquanto para profissionais com mais experiência a média é de R$ 8.000,00 a R$ 10.000,00. No entanto, o salário pode variar de acordo com a especialização escolhida.

E aí, você tem interesse em estudar Direito?

No Amigo Edu você consegue pesquisar bolsas de estudo de Direito com até 80% de desconto. Portanto, não deixe de acompanhar o blog do seu Amigo Edu para ficar sempre atualizado (a) nos melhores descontos e novidades do mundo universitário.