Oi, estudante! Você sabia que a redação no vestibular é um grande fator decisor para você garantir sua aprovação? Por isso você não pode deixar de ler este artigo onde falaremos mais sobre a redação, seus tipos e muito mais!

Quais são os tipos de redação? 

Antes de começar uma redação, é importante saber quais são os tipos de redação que existem. De maneira geral, são três os tipos de redação possíveis para o vestibular: o gênero dissertativo-argumentativo, a narração e a descrição.

Cada um desses modelos precisa seguir sua estrutura própria e, dessa forma, você pode corresponder aos critérios estabelecidos.

Dissertação 

A dissertação é um tipo de redação cujo objetivo é argumentar ou apresentar um tema específico. Nesse sentido, ela se estrutura em três pontos principais: a introdução, o desenvolvimento e a conclusão.

Cada uma dessas etapas do texto precisa respeitar o objetivo do tópico e, vale destacar, que a dissertação pode tanto ser expositiva quanto argumentativa em relação ao tema proposto.

Nesse sentido, a dissertação argumentativa defende um ponto de vista acerca do tema abordado, enquanto a dissertação expositiva apresenta o tema para o leitor. Ambas necessitam de organização das ideias e coerência nos fatos apresentados.

Narração 

Já a narração necessita de um locutor para apresentar os fatos propostos e conduzir a história apresentada. Ele pode ser um narrador observador, personagem ou onisciente e, a essa escolha, determina se a escrita é feita em primeira ou terceira pessoa.

O narrador personagem é parte da história, enquanto o observador apenas a conta. Por sua vez, o narrador onisciente pode ter os dois papéis no texto, sendo apresentado tanto na terceira pessoa quanto na primeira.

Descrição 

Essa modalidade tem como característica a apresentação de forma bastante detalhada de algo apresentado pelo autor, podendo ser um lugar, pessoa ou até mesmo objeto.

Por apresentar algo pela perspectiva do autor, a descrição pode ser objetiva ou subjetiva, pendendo tanto para o lado emocional quanto para o racional. Ou seja, a descrição nem sempre se baseia em fatos concretos.

Qual é o tipo de redação que mais cai no vestibular? 

O tipo de redação mais comum dos processos seletivos para ensino superior, ou seja, nos vestibulares, é a dissertação.

Em sua grande maioria, os vestibulares utilizam do gênero dissertativo-argumentativo na redação. Com isso, é apresentado um tema central, com textos de apoio, e o candidato precisa dissertar sobre o tema.

Aqui, é fundamental ter embasamento em diferentes áreas do conhecimento para criar seu texto, defendendo um ponto de vista com argumentos e fatos que possam ser comprovados de forma real.

Vale destacar que não existe certo ou errado para a defesa do tema. É preciso cumprir os pontos estabelecidos no vestibular e respeitar os parâmetros citados. O descumprimento da estrutura textual, bem como a fuga ao tema, pode acarretar nota zero e, em alguns processos, a desclassificação do aluno.

Outro ponto relevante é que, em algumas instituições, podem ser apresentados outros gêneros para a redação, tais como carta, texto de opinião e relato.

Qual a importância de uma boa redação no vestibular? 

A redação é essencial pois é o ponto principal para uma boa nota e até mesmo a aprovação do aluno na universidade escolhida.

Isso porque, em casos de empate no número de acertos nas questões de múltipla-escolha, é a redação que define a colocação dos candidatos. Mas, para além de definir a colocação, a redação ainda visa avaliar a capacidade e as habilidades argumentativas do candidato.

Ou seja, uma boa redação no vestibular pode ser a saída para candidatos com dificuldades em determinadas disciplinas da prova objetiva, podendo alcançar o resultado almejado com base em uma redação bem-feita.

Veja também: Dicas para se preparar para a redação do Enem 2022! 

Quais são os temas comuns de redação em vestibular? 

Os temas de redação diferem de acordo com o vestibular, além de mudarem todos os anos, porém existem aqueles que são muito comuns de aparecerem como ideia central, como evasão escolar, alfabetização, ensino à distância, educação financeira e bullying nas escolas.

Veja também: Veja as dicas de como fazer uma boa redação! 

Confira mais detalhes sobre eles abaixo.

Evasão Escolar

A educação é um tema recorrente nas provas de redação no vestibular. E, entre os temas que abrangem o assunto está a evasão escolar.

Nesses casos, é possível usar como amparo argumentos baseados na pandemia, desigualdade social, trabalho infantil e até mesmo a localização das escolas em regiões mais remotas do país.

Alfabetização

Ainda sobre a educação, o tema sobre alfabetização também pode ser bastante recorrente. Seja em relação ao analfabetismo ou sobre as estratégias de alfabetização das crianças no novo cenário pós pandemia e com uso de tecnologias.

Os dois temas podem solicitar amparo em questões divergentes, mas que tem como base a sociedade, sua construção ao longo do tempo e as mudanças tecnológicas vivenciadas atualmente.

Ensino à distância

O ensino à distância também pode ser um tema para a redação no vestibular, visto que a prática foi algo comum no mundo nos últimos dois anos. 

Nesse sentido, pode-se focar tanto nas práticas do ensino remoto, quanto nas suas facilidades ou problemáticas envolvendo a prática nas diferentes instituições de ensino pelo país e no mundo. 

Educação financeira 

Cada vez mais se fala sobre a importância da educação financeira nos diferentes períodos da vida e, esse tema pode ser usado nas redações de vestibulares pela pluralidade de opções que ele abrange.

Seja em escolas de ensino básico, seja no campo de investimento ou até mesmo para as finanças familiares. Lidar com dinheiro tem sido um tema cada vez mais importante de ser discutido.

Bullying nas escolas

Outro tema, que também é passível de ser abordado e que faz referência à educação é o bullying. Controverso, polêmico e importante de ser debatido, o aluno pode usar como base argumentativa conceitos da sociologia, filosofia e até mesmo da história.

Ou seja, é importante ressaltar o amparo argumentativo para criar o texto e apresentar uma solução para o problema proposto.

Agora que você já conferiu os temas mais comuns, lembre-se também que acompanhar as notícias nacionais e internacionais, além de temas bastante discutidos, pode ser o que vai diferenciar você de seus concorrentes, afinal, eles podem ser cobrados na redação, mas também aumentar o seu repertório.

Quer saber mais dicas para construir uma boa redação de vestibular? Continue acompanhando o blog do Amigo Edu. Até mais!

0800 780 8099

Também atendemos pelo Whatsapp!