Todo ano quem vai fazer vestibular ou Enem passa pelos mesmos dilemas: como manter o foco nos estudos para se sair bem na prova? Estudando só de casa esse fator exige ainda mais atenção do aluno, afinal, as distrações são muitas! Por isso, preparamos um conteúdo especial tenha foco nos estudos e ainda consiga equilibrar com as outras áreas da vida. Confere:

A falta de foco é muito comum e pode te atrapalhar nos estudos, trabalho ou vida pessoal! 😪 Para que isso não aconteça, separamos algumas dicas para melhorar a sua atenção.

1.      Faça um plano de estudos

Antes de começar a mergulhar de cabeça no conteúdo, é preciso se organizar e criar um plano de estudos. Pode ser algo simples, mas que vai te ajudar e medir tempo entre um conteúdo e outro. Para isso, você precisa fazer uma lista de todas as matérias que você tem para estudar. Separe por conteúdos e calcule uma média de tempo que vai precisar se dedicar para cada um, se possível.  Assim, você já tem uma ideia do tempo total que vai precisar.

Depois disso, é hora de começar a dividir esse tempo nos seus horários de estudo. Quantas horas por dia você pode se dedicar para estudar temas do vestibular? Aqui também vale a moderação, não adianta querer preencher todas as horas livres com estudos. Primeiro porque você não vai conseguir se concentrar se ficar muitas horas seguidas em cima dos livros e seu estudo não vai render. Depois porque todo mundo também precisa de um descanso!

2. Arrume seu cantinho de estudos

Ter um local pré-determinado para estudar também ajuda na concentração, pois seu cérebro começa entender que ali é local de estudo. Escolha, se possível, um local silencioso, sem distrações e ao mesmo tempo confortável, já que você ficará sentado lá por algumas horas. Não muito confortável a ponto de você cair no sono, viu?! Coloque lá todo material que você precisará usar, como caneta, caderno, computador, etc. A ideia é que você não precise ficar levantando para pegar alguma coisa que esqueceu e se distraia no meio do caminho. Faça com que esse seu cantinho dos estudos seja um local agradável e aconchegante. 😊

3. Estabeleça metas

Agora que você já sabe o que precisa estudar e já separou um local para isso, comece a estabelecer pequenas metas para que você não fique para trás. Geralmente, organizar as metas por conteúdo é mais eficiente do que organizar por horas de estudo, por exemplo. Isso porque nas horas você pode enrolar e nas metas de conteúdo, você determina um prazo para terminar aquele capítulo ou aula. 😊

4. Rotina

Eu sei, eu sei, criar uma rotina é chato e ninguém gosta. Mas acredite, ela vai fazer toda a diferença. Mantenha uma rotina de horários e tarefas. Separe o tempo que você irá trabalhar, caso trabalhe, o tempo que irá estudar e o tempo que irá descansar ou realizar outras atividades. Se você não tiver isso bem claro, algumas tarefas podem fugir do seu controle e quando ver, vai ter que virar a noite para cumprir prazos.

5. Elimine distrações

Agora que você já organizou tudo o que precisa, é a hora de começar a colocar a mão na massa, ou melhor, nos livros. 😅 Mas antes, elimine todas as distrações! O que isso quer dizer: avise todos da casa que agora é hora do seu estudo e que, se possível, não te chamem naquele horário, desligue a TV, saia das redes sociais e desative as notificações do celular. Sim, é preciso! Afinal de contas, uma conversa com os amigos ou com o crush geralmente parece mais interessante do que estudar, né? Para que você não faça isso no momento errado e acabe se autossabotando, tire todas as notificações por algum tempo.

Mas calma! Você não precisa ficar offline o tempo inteiro. Uma dica é utilizar o método Pomodoro. Esse método consiste em dividir seu tempo em blocos de 25 minutos de atenção plena e depois 5 minutos para descansar ou fazer o que quiser. Assim parece bem mais fácil, né? Além disso, é bem produtivo também, pois seu cérebro já sabe que são apenas 25 minutos de foco nos estudos e nesse tempo você dá seu máximo!

Para utilizar a técnica, é essencial fazer listas de tarefas que podem ser feitas durante o tempo. Mas isso você vai tirar de letra, já que já tem seu plano de estudos, como falamos ali em cima, né? É importante também que você utilize um cronometro. Pode ser o do celular mesmo, mas é importante saber que enquanto o cronometro não apita, nem pense em mexer nele!

6. Crie um ritual

Outra coisa super simples que você pode fazer e ajuda na sua concentração é criar um “ritual” sempre antes de começar a estudar.  Esse ritual é uma coisa simples, como preparar um café ou fazer um alongamento. Essa prática também “ensina” seu corpo que vai começar o momento dos estudos.

7. Comece pelas matérias mais difíceis

Agra sim, vamos começar! A ideia aqui é que você comece sempre pelo mais difícil, ou talvez o mais “chato” na sua visão. Se você fizer ao contrário, na hora de pegar o conteúdo mais difícil já estará cansado e vai ficar ainda mais difícil se concentrar nele. No fim, você pode acabar gastando muito mais tempo para assimilar aquela matéria e você não quer perder tempo, certo?

8. Escreva à mão

Sim! Volte a escrever a moda antiga, pegue seu caderno e caneta (ou lápis, se preferir) e escreva o que for mais importante da matéria. Isso porque algumas pesquisas mostram que fazer resumos à mão ajuda o nosso cérebro a compreender e memorizar os assuntos.

Aproveite para usar da criatividade e fazer disso uma tarefa agradável: compre canetas coloridas, use o marca texto, faça tópicos e gráficos. O material é só seu, ou seja, nesse momento está tudo liberado!

9. Intercale as disciplinas

Não fique muitas horas seguidas estudando um mesmo assunto, isso vai te cansar e, em determinado momento, você para de assimilar conteúdo sem nem perceber. Então intercalar matérias é uma ótima solução para evitar isso. E pode mudar radicalmente, sem medo! De português você pode passar para biologia, por exemplo. Esse “ar novo” refresca a mente e deixa ela mais atenta.

10. Crie mapas mentais

O cérebro organiza melhor as ideias se elas estiverem sintetizadas. Por isso, uma boa estratégia é criar mapas mentais. Você pode começar de forma simples, associando coisas que te fazem lembrar daquele conteúdo. Pode ser uma palavra, um objeto, uma paródia de música. Qualquer coisa que te ajude a lembrar do conteúdo, principalmente aqueles mais difíceis, está valendo. Geralmente alguns professores de exatas usam essas técnicas para que você memorize mais fácil as fórmulas que precisam ser decoradas.

Uma forma de fazer isso sozinho é pegar um papel em branco e começar escrevendo a ideia principal no centro. Ela tem que estar resumida, em uma, duas palavras no máximo. Depois, vá ligando com outras palavras relacionadas.

11. Inverta!

Que tal de vez em quando começar pelos exercícios? Isso mesmo! Você pode inverter a ordem de estudo de alguns conteúdos. Assim, depois que responder as perguntas, você verifica os erros e estuda eles mais a fundo! Faça provas e simulados com você mesmo, isso alivia a atenção na hora da prova real. 😉

12. Crie recompensas

Lembra das metas que você estabeleceu? Depois de concluir cada uma delas, você pode criar um sistema de recompensas para você mesmo. O melhor é que essa recompensa pode vir de diversas formas, você que escolhe! Pode ser assistir um episódio da sua série favorita, comendo aquele pedacinho de chocolate que você deixou guardado ou mesmo curtindo um pouco as redes sociais.

13. Respeite seu tempo e seja flexível

Nem sempre aquilo que a gente planejou vai dar certo. Seja porque aconteceu um imprevisto ou simplesmente porque você não está em um bom dia e não consegue se concentrar. Então entenda seus limites, seu tempo e se precisar, seja flexível. Insistir em manter o cronograma quando claramente não está evoluindo só vai te prejudicar. Então saiba que às vezes a melhor coisa que você tem para fazer naquele momento é relaxar a cabeça e voltar para os livros outra hora!

14. Faça atividades esportivas

As atividades físicas estão diretamente ligadas com o bom funcionamento do seu corpo como um todo, inclusive do cérebro. Você fica mais disposto, mais alerta e atento. E quem não quer ter tudo isso na hora de estudar? De quebra você fica em dia com a sua saúde! 😉

15. Descanse!

Sim, descansar é uma parte MUITO importante de qualquer aprendizado. Tenha certeza de que você está tendo boas noites de sono e momentos de descontração. Isso ajuda não só na sua saúde mental, como também auxilia seu cérebro a recuperar o foco nos estudos. Então pode descansar sem culpa! 😊

Gostou das dicas de como manter o foco nos estudos? Você já usa alguma? Conta pra gente aqui nos comentários. 👇