O texto dissertativo-dissertativo-argumentativo é utilizado na redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e em diversos outros vestibulares do país. Mas e você, sabe o que deve ter nesse tipo de texto?

É o que vamos te mostrar aqui, além de dicas de como fazer uma boa redação seguindo as regras e estrutura que esse texto exige. Se quer conseguir nota 1000 na redação, então acompanhe aqui e boa leitura!

O que é um texto dissertativo-argumentativo?

O texto dissertativo-argumentativo é um gênero textual focado na defesa de um ponto de vista. Os temas desenvolvidos são de grande importância para a sociedade, por isso a argumentação deve ser fundamentada por explicações consistentes.

O principal objetivo de um texto dissertativo é conscientizar e formar a opinião do leitor, sendo assim esses textos são considerados persuasivos e apresentam opiniões bem sustentadas.

Mas como começar um texto dissertativo-argumentativo? Bom, há duas etapas que você deve conhecer para isso.

  1. Tema e problema

Os temas são os assuntos a serem abordados na redação. No Enem e em outros vestibulares, os temas são apresentados através dos textos motivadores, visando auxiliar o aluno a desenvolver o texto.

A partir da análise do tema, elenque suas principais ideias e conhecimentos sobre o assunto e faça um recorte. Então, escolha um ou mais problemas para abordar ao longo da redação.

Três perguntas podem te ajudar a entender o tema proposto:

  • Qual é o tema?
  • Quais são os conhecimentos que eu tenho sobre o tema?
  • Qual problema será escolhido para a minha argumentação?

Diante disso é possível ter um melhor direcionamento e iniciar a produção textual da sua redação.

  1. Selecione dados sobre o tema

O uso de exemplos, provas e fatos sobre o tema fundamentam a argumentação. Organize cada um deles e posicione-os no seu texto de forma estratégica para convencer o leitor. Sempre preze pela clareza e use a terceira pessoa do plural para construir o texto dissertativo-argumentativo.

Quais são as principais características de um texto dissertativo-argumentativo? 

As principais características do texto dissertativo-argumentativo são: 

  • Uso da norma padrão da língua portuguesa;
  • Tese principal a ser defendida ao longo do texto;
  • Desenvolvimento de uma argumentação consistente para comprovar a tese;
  • Conclusão que apresenta uma proposta de intervenção ou solução para o problema. 

Para isso o aluno deve apresentar as ideias de forma lógica, utilizando fatos e dados para justificar a sua posição. Assim, realizar uma boa argumentação é fundamental para fazer um bom texto.

Apresentamos a seguir exemplos de argumentação que vão ajudar você a como fazer um texto dissertativo argumentativo de sucesso.

Argumento de autoridade

O argumento de autoridade é uma ótima maneira de iniciar a sua redação. Ele consiste no uso da opinião de algum autor especialista sobre determinado assunto. Por exemplo:

“Segundo Manuel Castells, a internet é muito mais que uma tecnologia, é um meio de comunicação, de interação e organização social”.

Usar citações dão autoridade para o ponto de vista a ser defendido no texto e traz um diferencial para a sua redação.

Consenso

Já o argumento de consenso não exige a citação de um especialista, basta expor um dado que seja de conhecimento global. Por exemplo:

“A educação é um investimento que traz inúmeros benefícios para todos os seres humanos”.

Nesse sentido, fica claro ao leitor que investir em educação é importante para desenvolver as pessoas. No entanto, tome cuidado ao elaborar argumentos de consenso. 

Leia muito e se informe antes de elaborar um pensamento como esse, pois os riscos de afirmar algo inexistente são grandes.

Experiência ou observação

Nesse caso, os argumentos de experiência ou observação são usados no texto dissertativo para comprovar a verdade sobre algum fato. Dados estatísticos, por exemplo, são ótimas maneiras de provar a veracidade de acontecimentos.

Fundamentação Lógica

A fundamentação lógica consiste na união de argumentos através de causa e consequência. Por exemplo, se você está abordando o tema da violência, cabe citar a pobreza e a desigualdade social com as principais causas do aumento do número de casos.

Argumentos de ilustração

É o uso de exemplos reais para comprovar a posição do seu argumento. Podem ser usados no decorrer do texto ou no parágrafo de conclusão. Ajudam a captar a atenção do leitor e trazem um diferencial para a construção das afirmações. 

Qual é a estrutura de um texto dissertativo-argumentativo? 

O texto é dividido em três partes fundamentais: introdução, desenvolvimento e conclusão. Veja a seguir a explicação de cada uma delas.

Introdução

Na introdução, o tema e a tese devem ser apresentados. A tese é o posicionamento do autor sobre o assunto. É no início do texto que o autor deve contextualizar o tema e situar o leitor.

Há dois tipos de tese:

  • Explícita: o aluno usa dois argumentos para fundamentar o seu posicionamento;
  • Implícita: o candidato não apresenta uma ordem de argumentos, apenas justifica a sua opinião. Ao longo do texto a fundamentação é construída.

Desenvolvimento 

No desenvolvimento é onde, de fato, ocorre a explicação dos argumentos. As ideias expostas na introdução devem ser explicadas de forma argumentativa e opinativa.

Cerca de 50% da escrita deve contemplar essa parte da redação. Por isso, o estudante é livre para usar todo o seu repertório cultural no encadeamento de ideias.

Conclusão 

Na conclusão as ideias são retomadas e o texto é finalizado a partir da síntese ou proposta de intervenção. A síntese consiste na retomada dos argumentos expostos ao longo do texto e comprovar os fatos e opiniões citadas.

Já a proposta de intervenção, presente na redação do Enem, visa criar soluções e melhorias para o problema apresentado ao longo do texto. Essas soluções devem ser detalhadas e devem apresentar:

  • O agente: responsável por realizar a ação;
  • O que será realizado;
  • Como será feito;
  • Para quem ou o que será realizado.

Assim, a conclusão deve expressar o que foi abordado ao longo do texto através de considerações consistentes.

Como treinar a redação para Enem e Vestibulares? 

O Amigo Edu quer ver você se dando bem na prova, por isso, além das dicas dadas aqui, nós temos um simulado para o Enem no qual você pode treinar redação e testar seus conhecimentos de outras áreas de conhecimento.

Também recomendamos o aplicativo Preparaê, no qual você pode treinar para o Enem e outros vestibulares, praticando sua redação gratuitamente. Você pode baixar na Play Store para dispositivos Android ou então na App Store para iOS.

Preparaê - treine gratuitamente para o enem e vestibulares
0800 780 8099

Também atendemos pelo Whatsapp!